Page is loading...

O Arrependimento

Disse o Mensageiro de Deus (S): “A lamentação do povo do Inferno se deve principalmente ao feito de adiar o arrependimento”.

Al-Mahajjat al-Bayda

Disse o Imam al-Baqir (A): “Aquele que se arrepende dos seus pecados é como aquele que não tem pecado”.

Wasa'il-ash-Shi'ah vol. 16, p. 74

Disse o Imam Amir al-Mu’minin ‘Ali (A): “Quão numeroso são aqueles que adiam (o arrependimento e a feitura de boas ações) até que lhes sobrevenha o término prefixado (para a sua morte)!”.

Ghurar al-Hikam, p. 240

Disse o Mensageiro de Deus (S): “Ó ‘Ali! Bem-aventurada seja aquela imagem (de uma pessoa) que Deus vê que chora por ter cometido um pecado do qual ninguém está ciente exceto Deus”.

(Várias tradições enfatizam o fato de que ninguém deve deixar que os outros tomem conhecimento dos seus pecados. O indivíduo deve fazer confissões dos seus pecados apenas a Deus e, então, se arrepender).

Bihar al-Anwar, vol. 77, p. 63

Disse o Mensageiro de Deus (S): “Durante a terça parte de cada noite e na noite antes da sexta-feira, ao princípio da mesma, Deus envia à terra um anjo do céu e lhe ordena que proclame: ‘Acaso há alguém que peça algo, de modo que lhe seja outorgado? Acaso há algum arrependido, de modo que seu arrependimento seja aceito? Acaso há alguém que peça perdão, de modo que seja perdoado?’”.

Bihar al-Anwar, vol. 3, p. 314

Disse o Imam as-Sadiq (A): “Fechais portas da desobediência mediante o pedido de refúgio em Deus e abras as portas da obediência mediante a frase ‘Bismillah’(Em nome de Deus)”.

Bihar al-Anwar, vol. 92, p. 216

Share this page