Page is loading...

Os Direitos dos Irmãos Muçulmanos

Disse o Mensageiro de Deus (S): “Quem entristece um crente, ainda que logo depois lhe ofereça o mundo inteiro, isso não serve como expiação, porque isso não é compensação suficiente”.

Bihar al-Anwar, vol. 75, p. 150

Disse o Imam Al-Kadhim (A): “Dentre os direitos de teu irmão muçulmano que te são mais obrigatórios é que não lhe ocultes algo que lhe beneficie nesta vida ou na outra”.

Bihar al-Anwar, vol. 2, p. 75

Disse o Imam Al-Hasan (A): “Conduza-te com as pessoas tal como queres que se conduzam contigo”.

Bihar al-Anwar, vol. 78, p. 116

Disse o Imam Amir al-Mu’minin ‘Ali (A): “Que Deus se compadeça de uma pessoa que reivindica um direito, suprime uma falsidade, repele a tirania e estabelece a justiça”.

Ghurar al-Hikam, p. 181

Disse o Imam as-Sadiq (A): “Estas quatro características estão entre as virtudes dos profetas: a bondade, generosidade, paciência e perseverança em tolerar infortúnios e observar o direito do crente”.

Tuhaf al-Uqul, p. 277

Disse o Imam Amir al-Mu’minin ‘Ali (A): “Por certo que as pessoas comuns da comunidade é que são os pilares da religião, o poder dos muçulmanos e a defesa contra os inimigos...”.

Nahjul Balagha, Carta 53

Disse o Imam as-Sadiq (A): “Deus não é adorado de nenhuma outra maneira melhor do que com o feito de cumprir o direito de um crente”.

Al-Kafi, Vol.2, p. 170

Disse o Mensageiro de Deus (S): “Quem machuca um crente machuca a mim”.

Bihar al-Anwar, vol. 67, p. 72

Disse o Mensageiro de Deus (S): “Quem tirar a propriedade de um crente, usurpando-a ilegalmente, Deus permanecerá insatisfeito com ele e não aceitará as boas ações que ele fizer e nenhuma delas será registrada dentre os seus bons atos até que se arrependa e retorne a propriedade que ele tomou ao seu dono”.

Mustadrak al-Wasa'il, vol. 17, p. 89

Share this page