Page is loading...

O Mahdi (A) e o Governo da Justiça

Disse o Mensageiro de Deus (S): "O Mahdi é de minha descendência, da progênie de Fátima (A)”.

Sunan al-Abu Dawud, vol. 4, p. 107

Disse o Mensageiro de Deus (S): “Afortunado é aquele que chegue a ver o Qa’im da minha Ahlul Bayt e o seguirá antes da sua aparição. Essa pessoa amará os seus amigos (do Qa’im) e odiará os seus inimigos, e aceitará a liderança dos Imams anteriores ao seu advento. Esses são meus amigos e os mais sinceros membros da minha comunidade, a quem eu honro demasiadamente”.

Bihar al-Anwar, vol. 52, p. 129

Disse o Mensageiro de Deus (S): “Deus enviará um homem da minha descendência, da minha Ahlul Bayt, mediante o qual toda a Terra será preenchida com justiça, assim como havia sido preenchida com injustiça e opressão”.

Al-Musannif, vol. 11, p. 371

Disse o Mensageiro de Deus (S): “Quem morre sem conhecer o Imam da sua época (Imam Mahdi é o Imam da presente época), sua morte será como a morte daquele que morreu na Época da Ignorância (pré-islâmica)”.

Musnad al-Ahmad-ibn-Hanbal, vol. 2, p. 83; vol. 3, p. 446 & vol. 4, p. 96: Sahih al-Bukhari, vol. 5, p. 13 & Sahih al-Muslim vol. 6, p. 21, No.1849. Além de 25 outras referências introduzidas pelos escolásticos sunitas.

Disse o Imam Amir al-Mu’minin ‘Ali (A): "Quando se levantar nosso Qa’im, o céu fará descer a sua chuva, a terra fará brotar as suas plantas, se dissipará o rancor dos corações dos servos e predadores e presas conviverão em harmonia”.

Bihar al-Anwar, vol. 52, p. 316

Narrou Abul Jarud: “Eu disse ao Imam al-Baqir (A): ‘Ó filho do Mensageiro de Deus! Acaso sabes do meu amor por vós e de minha dedicação e fidelidade a vós?’ Disse: ‘Assim és’. Então eu lhe disse: ‘Então vos perguntarei uma questão para que me respondas, visto que eu sou cego, de lento caminhar e não posso visitar-vos regularmente’.

Ele disse: ‘Exponhas vossa necessidade’. Eu disse: ‘Informa-me o credo pelo qual vós e os membros da vossa casa adoram a Deus, Imponente e Majestoso, de modo que eu possa adorá-Lo também mediante ele’. Ele respondeu: ‘Apesar de vossas palavras terem sido curtas, essa foi uma grande pergunta. Por Deus, eu vos direi a minha religião e a religião dos meus pais pela qual nós adoramos a Deus, Imponente e Majestoso: o testemunho de que não há divindade além de Deus, que Muhammad é o Mensageiro de Deus (S), a afirmação de que aquilo que ele trouxe consigo (o Alcorão) provém de Deus, ter afeição (por nós) e pelos amantes e obedientes a nós (Ahlul Bayt) e ódio pelos nossos inimigos, submeter-se a nossa causa, esperar o Qa’im (o décimo segundo Imam), esforçar-vos (pelo estabelecimento das coisas lícitas e das obrigações religiosas) e ser piedoso’”.

Al-Kafi, vol. 1, p. 34

Disse o Imam al-Baqir (A): "Quando se levantar nosso Qa’im colocará sua mão (autoridade) sobre as cabeças dos servos, então, lhes dará desenvolvimento intelectual e completará sua perseverança e insights. Depois disso, Deus estenderá suas vistas e ouvidos de forma que não haja nenhuma barreira entre eles e o Qa’im. Ele lhes falará e eles escutarão e eles o verão ( ainda que) ele se encontre em outro lugar!”.

Yaumul Khalas, p. 269

Disse o Imam as-Sadiq (A): "No tempo do Qa’im (o Mahdi) um crente que estiver no Oriente poderá ver o seu irmão que estiver no Ocidente e vice-versa; aquele que estiver no Ocidente poderá ver seu irmão que estiver no Oriente”.

Nota: Caro leitor! Por certo que a existência dos meios de comunicação como os satélites, televisões e etc. nos ajudam a entender essa tradição, apesar do fato de nenhuma dessas tecnologias existirem quando essas preciosas palavras foram pronunciadas.

Bihar al-Anwar, vol. 52, p. 391

Disse o Imam as-Sadiq (A): "Ele (o Mahdi) se posicionará (num lugar próximo a Caaba) entre o Pilar e a Estância (de Abraão) e exortará dizendo: ‘Ó comunidade de meus auxiliares e de meu povo proeminente a quem Deus elegeu preparando o meu triunfo antes do meu advento sobre a face da terra! Vinde a mim obedientes!’. Então, seu chamado lhes chegará encontrando-se em seus lugares de oração ou em seus leitos, no Oriente ou no Ocidente da Terra. Eles o escutarão com esse único chamado que chegará ao ouvido de cada homem e responderão totalmente (vindo a ele) também. Então, não levará senão um momento para eles se reunirem ‘Ali, entre o Pilar e a Estância (de Abrãao), atendendo a ele”.

Bihar al-Anwar, vol. 53, p. 7

Imam as-Sadiq (A) contou a seu sincero companheiro, al-Mufaddal, algumas coisas sobre o Mahdi e seu advento e lhe disse: “Ó Mufaddal! Transmitais a nossos seguidores os dados (sobre o Mahdi) de modo que não lhes alcancem a dúvida na religião”.

Bihar al-Anwar, vol. 53, p. 6

Disse o Imam Mahdi (A): “Eu sou o Mahdi. Eu sou aquele que estabelecerá justiça por todo o mundo assim como ele terá sido preenchido com opressão. Certamente, a terra nunca permanece sem uma testemunha e as pessoas não viverão sem um líder. Isso é algo que te é depositado em confiança e que não deveis dizer senão a teus irmãos (muçulmanos) que são homens de Deus”.

Kamal ad-Din, p. 445

Disse o Imam Mahdi (A): "Quanto aos incidentes que ocorrem (aos muçulmanos), recorrei aos narradores de nossas tradições (os clérigos) porque eles são minhas testemunhas sobre vós eu sou a testemunha de Deus sobre eles”.

Kamal ad-Din, p. 484

O Imam Mahdi (A) escreveu numa carta ao Sheik al-Mufid: “Por certo que nós estamos inteirados do que vos acontece e nenhum dos vossos assuntos é ocultado de nós”.

Bihar al-Anwar, vol. 53, p. 175

O Imam Mahdi (A) escreveu numa carta ao Sheik al-Mufid: “Nós não somos negligentes com relação a ter-vos em consideração nem vos esquecemos de vós, pois se assim não o fosse, as aflições recairiam sobre vós e os inimigos vos erradicariam. Assim pois, temei a Deus e O obedeça, glorificada seja Sua Majestade”.

Bihar al-Anwar, vol. 53, p. 175

Súplica

Que Deus apresse o retorno do nosso décimo-segundo Imam (A) para estabelecer a eqüidade, a verdade e a justiça por todo o mundo.

Share this page